segunda-feira, 30 de julho de 2012

Campeonato Estadual Montanha 2012

Acontece no próximo dia 19 de agosto de 2012 o Campeonato Estadual Espirito Santo de Montanha. A prova vai ser na estrada que liga Fundão a Santa Teresa, num total de 28 km.



Apesar do percurso ser curto a prova é de grande dificuldade, tendo trecho que chegam a dar uma inclinação de 16% (Mirante). O recorde do percurso pertence a Reginaldo Simon com o tempo de 46 minutos. 

Inscrições para a prova e maiores informações no site da FESC


 www.fesc.esp.br

68 São Salvador

Acontece no próximo dia 06 de agosto de 2012 a segunda prova mais antiga do Brasil, a 68 São Salvador, na cidade de Campos/RJ. A prova que já virou tradição no ciclismo capixaba acontece no dia do aniversário da cidade e tem participação de ciclistas de todo o Brasil.

Em 2011 os ciclistas capixabas da equipe Voight/ Star Cycle Sebastião Pereira e Marcelo Oliveira ficaram na terceira e sexta colocação, a expectativa desse ano é novamente possamos conseguir mais um pódio. Desde 2009 os capixabas estão entre os cinco primeiros colocados e em 2012 não será diferente.

Classificação Capixabas na São Salvador:

2009 - Alexandre Cardoso (1 lugar)
2010- Marcelo Oliveira (4 lugar) e Alexandre Cardoso (5 lugar)
2011 - Sebastião Pereira (3 lugar) e Marcelo Oliveira (6 lugar)

Programação da Prova



Ordem e horário de largada e duração de cada prova (segunda 06 de agosto):

07:30 Cadeirantes (1 volta) 
07:50 Mountain Bike (35 min. + 1 volta) e Estreante (30min + 1 volta) 
08:30 Master A (45min + 1 volta) e Junior (30min + 1 volta) 
09:30 Master B (45min + 1 volta) e Master C (40min + 1 volta) 
10:30 Regional (45min + 1 volta) e Feminino Elite (40min + 1 volta) 
11:30 Masculino Elite (1h15min + 1 volta)
Todas com mais 1 volta depois do tempo definido.

Premiação:

Elite
1- R$3.000,00 2- R$ 2.000,00 3- R$1.000,00 4- R$ 800,00 5- R$ 500,00

Feminino
1- R$1.000,00 2- R$ 800,00 3- R$ 500,00

Regional ( Corredores de Campos, São João da Barra e São Francisco)
1- R$1.325,00 2- R$ 800,00 3- R$ 600,00 4- R$ 400,00 5- R$ 300,00

Master A, B, C ( Premiação para cada categoria)
1- R$1.325,00 2- R$ 800,00 3- R$ 600,00 4- R$ 400,00 5- R$ 300,00

MTB
1- R$ 600,00 2- R$ 500,00 3- R$ 300,00

Cadeirante 
R$2.000,00 reais a serem distribuídos para os participantes. E troféu para 1, 2 e 3 lugares. 

Total Premiação - R$26.700,00 reais

Andy fora da Vuelta

A Vuelta da Espanha 2012 não contará com Andy Schleck em sua linha de largada, é o que diz o jornal L'Equipe. Mais uma prova a equipe RadioShack não terá um dos seus principais nomes com capacidade de vencer uma grande volta.

Apesar de Andy não ser muito bom de briga nas grandes voltas por conta do seu fraco contra relógio, seria interessante ver as provas de montanhas a disputa entre Froome e Contador. O espanhol Alberto Contador que está voltando de suspensão é o grande favorito para vencer a Vuelta 2012.

A competição começa no dia 18 de agosto com um contra relógio por equipes em Pamplona de 16,2 quilometros.




Alexander Vinokourov é ouro em Londres


Nem Cavendish nem Greipel, deu Vinokourov!
Num final de prova muito emocionante o ciclista cazaco Alexandre Vinokourov de 38 anos sagrou-se campeão olímpico na manhã de hoje. Vino estava numa fuga com mais 29 ciclistas que se formou após a única subida do percurso (que foi subida 9 vezes), na parte do circuito de 15 kms. 

Vino acreditou no ataque do ciclista colombiano Rigoberto Uran a menos de 5 kms do final, ambos trocaram roda e ao final o ciclista cazaco, bem mais experiente faturou a chegada. Talvez este seja o ponto mais alto de uma carreira de 14 anos como ciclista. A cara de Vino evidenciava que nem mesmo ele estava acreditando no acontecido.

A notícia ruim ficou por conta de Fabian Cancellara, que estava puxando a fuga e era o favorito absoluto do grupo da frente, mas o ciclista suíço errou a tangente de uma curva, perdeu o controle da bici e bateu de frente com o alambrado. Cancellara foi obrigado a abandonar a disputa pela medalha com fortes dores na clavícula, mas não abandonou a prova. Espero que o acidente não o prejudique no contra relógio de quarta feira.

Talvez o excesso de confiança no super time inglês tenha deixado os ciclistas do pelotão perseguidor muito à vontade e quando eles acordaram já era tarde, 57 segundos era a vantagem do grupo da frente composto por vários ciclistas de expressão como Cancellara, Gilbert, Chavanel, Lars Boom, Kreuziger, Valverde, Sanchez, Rui Costa, Fulgsang e outros.

Ao final, Vino se aproveitou da inexperiência de Uran que ficou olhando para trás, atacou pelo lado contrário e ficou com o ouro. O colombiano Rigoberto Uran conquistou a medalha de prata, digo isso porque ele abriu a fuga e buscou o resultado, mas dificilmente bateria Vino numa chegada como esta. Já o bronze ficou por conta do norueguês Alexander Kristoff  que bateu a chegada do pelotão para desespero de Taylor Phinney dos EUA que ficou a uma posição de conquistar uma medalha olímpica, para mim, isso é mais sofrido do que chegar em último, ele quaaaaase conquistou uma medalha olímpica!


1 Alexandre Vinokourov (Kazakhstan)
2 Rigoberto Uran (Colombia)
3 Alexander Kristoff (Norway) at 00:08
4 Taylor Phinney (USA)
5 Sergey Lagutin (Uzbekistan)
6 Stuart O’Grady (Australia)
7 Jurgen Roelandts (Belgium)
8 Gregory Rast (Switzerland)
9 Luca Paolini (Italy)
10 Jack Bauer (New Zealand)
11 Lars Boom (Netherlands)
12 Jakob Fuglsang (Denmark)
13 Rui Costa (Portugal)
14 Luis Leon Sanchez (Spain)
15 Roman Kreuziger (Czech Republic)
16 Sergio Henao (Colombia)
17 Andriy Grivko (Ukraine)
18 Alejandro Valverde (Spain)
19 Philippe Gilbert (Belgium)
20 Sylvain Chavanel (France)



Video em homenagem ao novo campeão olimpico:


Alexandre vence etapa Mundial Master





O ciclista capixaba Alexandre Cardoso (Voight/ Star Cycle) venceu a etapa do UWCT Cycling Tour, no Rio de Janeiro. A prova foi seletiva para obter a classificação para a disputa do Mundial Máster que acontece no final de agosto na África do Sul. Alexandre conseguiu mais essa importante vitória.


terça-feira, 24 de julho de 2012

Mundial Amador - Rio de Janeiro

A equipe Voight/ Star Cycle estará presente em mais esse evento. A equipe que irá correr no Rio de Janeiro será representada na categoria 30/39 anos pelos atletas Marcelo Oliveira, Alexandre Cardoso, Sebastião Pereira, Fernando Gomes, Daniel Peixoto, Andre Melo, André Imbilicieri, Marcelo Godoy e Juney Rezende.

A prova será classificatoria para o Mundial Máster na África do Sul e a expectativa é que todos da equipe é que todos consigam a classificação.


domingo, 22 de julho de 2012

VIVA LE TOUR DE FRANCE



Ninguém conseguiu superar a força, determinação e união da equipe Sky nesse Tour de France. Além de fazer um dobradinha na classificação geral com Wiggins e Froome o sprinter Cavendish superou todos e conquistou sua 23 vitória em etapas do Tour, se tornando o mais sprinter vencedor de etapas na competição. 




Resultado 20 Etapa do Tour 2012



1.CAVENDISH M.SKY03h 08' 07''
2.SAGAN P.LIQ00' 00''
3.GOSS M.OGE00' 00''
4.HAEDO J.STB00' 00''
5.BOECKMANS K.VCD00' 00''



A Sky fez um Tour impecável e foi decisiva em todos os momentos. Foi bonito ver o camisa amarela vindo para a chegada embalando Cavendish para mais uma vitória.



Outras surpresas desse Tour foi a conquista da camisa verde por P. Sagan (Liquigás), jovem com apenas 22 anos mostrou muita determinação e com certeza terá um grande futuro no ciclismo. Os Franceses também não vão ficar tristes, além de ter dois atletas entre os 10 melhores do Tour, a camisa branca de bolinhas ficou com Voelcker (Eurocar).

Enfim se encerra mais um Tour e o sentimento é de saudade e expectativas para o próximo que além de Wiggins teremos outros nomes que não correram esse ano com Alberto Contador e Andy Schleck.




Resultado Geral do Tour 2012

1.WIGGINS B.SKY87h 34' 47''
2.FROOME C.SKY03' 21''
3.NIBALI V.LIQ06' 19''
4.VAN DEN BROECK J.LTB10' 15''
5.VAN GARDEREN T.BMC11' 04''



Wiggins mostra força e vence 19 Etapa (CRI 53 km - Bonneval/Chartres)

Fotos da 19 Etapa - CRI 53km











Video da entrevista de Wiggins (Sky)


sexta-feira, 20 de julho de 2012

Wiggins embala Cavendish para mais uma vitoria


A 18 etapa do Tour foi para lá de emocionante, a vitória foi de Mark Cavendish (Sky), até ai nenhuma surpresa se o embalador do trem da Sky não fosse nada menos do que o líder do Tour B. Wiggins (Sky). Essa é a segunda vez que Wiggins pega a ponta do pelotão a poucos metros do final para embalar um companheiro de equipe, mostrando que o grande diferencial dessa equipe é o espírito de equipe de todos eles.





A prova teve um ritmo alucinante nas primeiras 3 horas, a média era de 44 km/h, depois dos ciclistas passarem pelos Alpes e pelos Pyrineus nada de moleza como alguns achavam que seria. Amanhã acontece a prova de CRI com 53 km e no domingo se encerra mais um Tour de France.


Resumo da corrida:


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Valverde vence etapa do Tour




Movistar havia vencido uma etapa do Tour de France 2011 com Rui Costa, mas realmente a equipe espanhola sempre sonhou com a vitória do seu líder Alejandro Valverde, Valverde não pode correr no ano passado devido a uma suspensão. Agora que ele voltou o espanhol conseguiu estar de volta no pódio. 




Valverde parece ter beneficiado com a tática empregada pela Sky, que parecia evidente que Chris Froome estava ansioso para correr à frente do seu líder de equipe Bradley Wiggins nos quilômetros finais para tentar conquistar a vitória da etapa, mas ao invés disso ele se manteve fiel ao camisa amarelo e terminou a prova na segunda colocação seguido pelo líder Wiggins em terceiro.



A disputa que aconteceu nessa etapa foi pela camisa branca de bolinhas, que premia o melhor escalador do Tour, na briga estava o francês Voeckler (Eurocar) e Kessiakoff (Astana). Os dois fizeram uma prova de muita marcação e quem levou a melhor foi o francês que venceu todas as metas de montanha sempre seguido por Kessiakoff.



Os dois britânicos estão literalmente passeando nesse Tour, é impressionante a vantagem que eles tem em relação aos demais rivais. Nibali que ocupa a terceira colocação geral e é especialista em montanhas não suportou o ritmo final dos britânicos e acabou tomando mais tempo em relação aos dois. Agora que está fora das montanhas, de ida para o contra-relógio e em seguida, rumo a Paris onde a equipe Sky se consagrará como a grande vencedora desse Tour.

Resultado Tour após a 17 etapa:
1- B. Wiggins (SKY) - 78h28'02"
2- C. Froome (SKY) - 02'05"
3- V. Nibali (Liquigás) - 02'41"
4- Van den Broeck (Lotto) - 05'53"
5- T. Van Garderen (BMC) - 8'30"
6- C. Evans (BMC) - 09'57"

Video da Etapa:


Wiggins elogia Froome: "Ele vai um dia ganhar o Tour e quero estar ao seu lado"




O líder do Tour teve que conter o entusiasmo de um companheiro de equipe, que acreditou que poderia ter sido possível para ganhar a etapa. Mas Brad Wiggins admitiu após a 17 etapa que ele permitiu que sua mente vagueie e que ele perdeu um pouco a concentração. Ele terminou em terceiro na etapa, atrás do seu companheiro de equipe e fiel escudeiro, Chris Froome.

"Nós estávamos falando sobre Nibali [nos últimos quilômetros] porque sabíamos que ele estava em seu limite. Chris disse que queria vencer a etapa e eu disse: 'Sim ... ah ... pff ". Você sabe. Eu não estava muito certo sobre o intervalo de tempo em que ponto, mas a partir do momento em que cruzou o Peyresourde (1,5 km da chegada), hoje foi a primeira vez que me permiti pensar que eu ganharei o Tour. 


"Quando vimos que Nibali tinha sobrado no topo da Peyresourde, sabíamos que não tinha mais o perigo de ele atacar na final. Nessa hora eu perdi a concentração. Eu estava pensando em muitas coisas diferentes na época. Chris estava super forte hoje novamente. Ele está super animado. Ele tem sido um fantástico companheiro de equipe, durante este Tour de France. Com certeza, um dia, ele vai ganhar o Tour e eu estarei lá ao lado dele para fazê-lo. "

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Etapa 16 - Pau / Bagnères-de-Luchon

Thomas Voeckler com certeza será o grande nome desse Tour, pelo menos para os franceses.



Em 2011 Voeckler ficou muitos dias com a camisa amarela, perdendo a liderança do Tour a 3 etapas do final da competição. Hoje além de vencer mais uma etapa o francês da equipe Eurocar conquistou a camisa de bolinhas, camisa dada ao melhor escalador da competição. Em 2004, Voeckler foi o campeão francês, mas ele iria se tornar um líder do Tour com uma longa participação na camisa amarela em 2011. Oito anos depois, ele continua mostrando vigor e raça.  Ele gosta de atacar. Ele gosta de perseguir pontos. Ele gosta de ganhar! Agora ele tem tudo para chegar a Paris no próximo domingo vestindo a camisa de bolinhas.


Além de Voeckler quem está bastante feliz é B.Wiggins (Sky) que não permitiu que seu principal adversário Nibali (Liquigás) diminuisse a vantagem de 2 minutos e 23 segundos. Mas nem tudo na etapa de hoje foi alegria, foi um dia em que outros campeões desabou no calor. Cadel Evans (BMC) tomou um grande tempo e caiu de quarto para a sétima colocação, agora ele está a 8 minutos e 06 segundos atrás do líder.


Amanhã acontece a última etapa de montanha desse Tour e certamente será um dia decisivo para Nibali tentar tirar essa vantagem, mas como as coisas tem andado vai ser difícil tirar esse título do britânico B.Wiggins.



Frank Schleck (RadioShack-Nissan) pego no doping




A UCI informou luxemburguês Frank Schleck (RadioShack-Nissan) teve um resultado positivo em uma amostra de urina coletada. O exame ocorreu devido a participação dele no Tour de France, a competição foi do 14 de julho de 2012. O laboratório acreditado pela AMA em Châtenay-Malabry detectou a presença do diurético Xipamide em amostra de urina Schleck.

De acordo com a UCI regras antidoping a constatação não exige uma suspensão provisória, mas em um comunicado da UCI disse, "a UCI está confiante que sua equipe tomará as medidas necessárias para permitir que o Tour de França para continuar em serenidade e para garantir que o ciclista tem a oportunidade de preparar adequadamente sua defesa em particular, dentro do prazo legal, que permite que quatro dias para que ele tenha sua amostra B analisada. "

Xipamide, a substância encontrada na urina Schleck, não é especificamente mencionado na lista da WADA substância proibida.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Fedrigo vence 15 Etapa do Tour




Hoje mais uma vez a vitória da etapa foi do grupo de seis ciclistas que conseguiram fugir e abrir uma boa vantagem do pelotão. Entre os escapados haviam dois francês Thomas Voeckler (Eurocar) e Pierrick Fedrigo (FDJ).  Os seis ciclistas da fuga Voeckler, Fedrigo, Dumoulin, Christian Vande Velde, Dries Devenyns e Nicki Sorensen trabalharam bem e juntos.




Foi quando houve um ataque que colocou Fedrigo na liderança junto com Vande Velde. Fedrigo começou o sprint final e ficou na frente até o fim da linha para tomar sua segunda vitória no Tour 2012.




Amanhã será dia de descanso e eles vão precisar mesmo, pois quarta (18/07) e quinta (19/07) eles terão que enfrentar duras etapas de montanha que irão definir o grande campeão do Tour de France 2012.